“Livros eróticos ajudam a mulher a se emancipar”, diz autora do gênero

Ainda na adolescência, Lani Queiroz começou a escrever contos eróticos. Cinco anos após publicar seu primeiro livro do gênero, ela já é considerada uma autora best seller do segmento na Amazon. Muito além de despertar desejos e fantasias, Lani acredita que as obras de conteúdo sexual são uma forma de libertação do prazer feminino.

A autora afirma que a literatura erótica ajuda mulheres a redescobrir desejos e se libertar. “Para o público feminino, funciona como forma de emancipação. A mulher sempre foi marginalizada, mas através dos livros eróticos elas podem viajar por vários universos e se encontrar com elas mesmas”, opina.

Ela compartilha que muitas leitoras entram em contato para comentar sobre seu trabalho e que o orgasmo feminino ainda é um grande tabu. “Várias mulheres passam a vida toda e não conseguem experimentar um, mas tenho leitoras que conseguiram se libertar e até criar uma nova relação com o marido”.

Lani ainda revela que a preferência geral é pelo sexo mais bruto e selvagem. “Mas também há várias leitoras românticas. O elemento essencial para todos é o romance, a trama. É importante a questão erótica, mas o que prende mesmo é como isso é construído. As cenas eróticas são um quê a mais”, avalia.

E a literatura erótica não é voltada apenas para o público feminino. A autora conta que homens e casais também leem junto, como forma de brincadeira sexual entre a dupla. “O que leva as pessoas a lerem é a curiosidade. Temas polêmicos e considerados tabu atraem mais, embora haja críticas”, analisa.

Ela aponta o sucesso da trilogia de 50 tons de Cinza como prova disso. “Foram livros muito criticados, mas aclamados pelos leitores. Ajudaram muito o mercado de literatura erótica, que antes era elitista e segregador. O mercado tem aberto espaço aos autores nacionais”, percebe.

Para Lani, ainda existe preconceito com o gênero, mas é cada vez mais fácil discutir termas relacionados à sexualidade. “A internet colaborou muito para isso. O Youtube, por exemplo, tem vários canais falando sobre o assunto, dando dicas e orientando o público”, exemplifica.

A autora afirma que existe um movimento, não só da literatura, mas da sociedade em busca da libertação da sexualidade. “A mulher começou a se emancipar, saindo da sombra do homem e buscando o próprio prazer, sem vergonha ou culpa. Esses pesos foram colocados na cabeça dela”, conclui.

Cinco autoras eróticas para descobrir e se deliciar

#1 E. L. James – Autora da trilogia 50 tons de cinza

#2 Jas Silva – Autora de Aconteceu Você

#3 Nana Pauvolih – Autora de Redenção pelo amor

#4 Beth Kery – Autora de Porque você é minha

#5 Sylvia Day – Autora da série Crossfire

Fonte: Metrópoles

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Anúncios

Sobre sabordoamor

Tenho uma empresa física e on-line no ramo de produtos eróticos a 18 anos no mercado brasileiro
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s