Mulheres lésbicas gozam mais. O que há de errado com os casais héteros?

lesbicas

A sexualidade lésbica infelizmente ainda é tratada por muitos como um fetiche e um tabu ao mesmo tempo. Piadas movidas por homofobia ainda são comuns quando, na realidade, elas estão muito mais felizes sexualmente do que a média (hétero) da população.

O instituto de pesquisa inglês Kinsey, focado em pesquisas sobre sexualidade, decidiu comparar as taxas e satisfação sexual entre pessoas heterossexuais e homossexuais.

Enquanto homens gays e héteros apresentaram praticamente a mesma chance (85%) de atingir o orgasmo, entre as mulheres a discrepância foi grande. Mulheres lésbicas atingiram o orgasmo em 75% das relações sexuais durante o período analisado, enquanto mulheres héteros chegaram lá em apenas 65% das relações com seus companheiros.

Homens não sabem que elas não estão gozando

Talvez seja a forma de encarar a relação sexual. De maneira geral, o tipo de sexo praticado por mulheres lésbicas e héteros é diferente e envolve diferentes fatores psicológicos e físicos.

No sexo heterossexual, espalhou-se a ideia de a penetração é o “ato principal” da relação, enquanto o sexo oral e a masturbação da mulher seriam apenas preliminares. Na vida real, porém, apenas 25% das mulheres conseguem atingir o orgasmo com a penetração, muito diferente do que é retratado nas “rapidinhas” dos filmes românticos e na pornografia. Isso significa que pouquíssimas mulheres conseguem ter um orgasmo vaginal com seus parceiros.

Como resultado de várias pressões (para seguir o ritmo do parceiro e gozar junto, por exemplo), muitas mulheres acabam fingindo o orgasmo através da penetração para não desapontar seus parceiros, pois ficam constrangidas de falar que não sentem prazer desta forma ou que demoram mais para chegar ao orgasmo.

Mas, se os homens não sabem que elas não estão gozando com a penetração, logo eles também não se dedicam tanto a outras formas de dar prazer às suas companheiras.

Mulheres têm orgasmos mais complexo

Já nas relações lésbicas, embora a penetração seja uma possibilidade com mãos, dedos, língua e um zilhão de diferentes brinquedos, ela não necessariamente está no centro da relação sexual. O melhor conhecimento sobre as regiões erógenas femininas também facilita o processo de dar prazer às parceiras.  Afinal, o clitóris feminino tem muito mais terminações nervosas do que o pênis, o que torna o orgasmo das mulheres relativamente mais complexo.

Além disso, sexo oral, carícias e o prazer através de diferentes partes do corpo, geralmente não são encarados como preliminares. Termo esse – preliminar – que se pararmos pra pensar, não faz o menor sentido. Tudo é sexo e tratar a relação com carinho e desejo do início ao fim, deveria ser uma regra universal.

Sexo é aprendizado constante

Pessoas homossexuais e bissexuais são forçadas a quebrar paradigmas todos os dias. Homens e mulheres héteros, porém, podem ter dificuldade em reconhecer que nem tudo o que está na “cartilha” da sexualidade hétero funciona para todo mundo.

Se você é mulher hétero e se identifica com os dados acima, talvez seja hora de trocar uma ideia com o parceiro, sem culpa. Já se você é o homem da relação, talvez seja hora de rever algumas certezas e perguntar se sua companheira gostaria de tentar outras técnicas e sobre como ela lida com o orgasmo.

Nada de levar a discussão para o pessoal, afinal sexo é um aprendizado constante que envolve muita empatia. Você é hétero? Bi? Gay? O que achou desta discussão? Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Uol

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Anúncios
Publicado em Sem categoria | 3 Comentários

Como convencer o parceiro a fazer um ménage?

 

como-convencer-o-parceiro-a-fazer-um-menage-1

Hoje em dia, existem diversos fatores que contribuem para que um casamento acabe, seja falta de tempo, de amor ou por simplesmente não experimentarem novas experiências. As mulheres infelizmente são as que mais sofrem com o término. Hoje vamos te ensinar como convencer o parceiro a fazer um ménage.

Ter um casamento feliz ao lado de um parceiro que a ama é o sonho da maioria das mulheres, mas nem sempre é assim que os casamentos prosseguem. Muitos acabam por falta de intimidade entre os parceiros. Saber apimentar a relação é uma ótima maneira de manter a chama do casamento – e principalmente do sexo – acesa.

As mulheres ainda sentem muita dificuldade de discutir com o parceiro os seus desejos e fantasias na hora do sexo. Muitas, inclusive, acabam se reprimindo e deixando esse aspecto de suas vidas para segundo plano. Isso não é nada legal, pois quanto mais apimentada for a relação de um casal, melhor será a vida sexual deles e, consequentemente, melhor será o casamento.

3 dicas infalíveis de como convencer o parceiro a fazer um ménage

Existem algumas dicas infalíveis para você aprender como convencer o parceiro a fazer um ménage.

Ter vergonha de ter tido um desejo diferente em relação ao seu parceiro é a maior perda de tempo. Acredite: não é só você que experimenta coisas diferente na hora do sexo com o parceiro.

Pode ser que você encontre um pouco de resistência da parte dele sobre a ideia de ter uma terceira pessoa no meio do relacionamento. Vá aos pouquinhos, converse com ele, exponha suas vontades, demonstre interesse em salvar o casamento, diga que pode ser uma experiência interessante para o casal.

Confira algumas dicas bem legais que separamos para você convencer o seu marido a ter essa experiência com você.

1 – Demonstre segurança

Um dos maiores impedimentos que um casal tem na hora de experimentar um sexo a três é ter ciúmes. O ciúmes traz insegurança para o casal, pois ninguém gostaria de perder o parceiro para uma pessoa desconhecida.

Portanto, esse é uma das principais dicas para convencer o seu parceiro a fazer um ménage: demonstre a ele que você é uma pessoa forte e segura do amor que sente por ele.

Saber como convencer o parceiro a fazer um ménage precisa envolver segurança e clareza nas ideias.

Você precisa deixar claro quais são suas intenções, que seu desejo é inteiramente sexual e que você o ama acima de tudo. Se a sua relação estiver baseada na confiança e no amor, não tem como nada dar errado.

Se você demonstrar alguma insegurança, saiba que esse pode ser o divisor de águas para que ele não aceite experimentar com você essa nova experiência.

   2 –   Deixe a escolha por conta dele

Não importa se o seu desejo de fazer um ménage envolve outro homem ou mulher. Para o seu companheiro ter mais segurança, deixe ele fazer a escolha da terceira pessoa.

Ele vai se sentir mais dono da situação. Se a sua vontade é de incluir outro homem na experiência e ele escolheu uma mulher, fale com jeitinho, demonstre novamente segurança na sua escolha, diga que você o ama.

Em um primeiro momento é até muito interessante, de repente, você aceitar a escolha dele, mesmo que ele tenha escolhido uma mulher e você queira um homem.

Quem sabe a experiência não é incrível e você pode convencê-lo a aceitar sua escolha da próxima vez?

3 – Estimule as suas fantasias

Você pode ter achado um pouco complicado o caminho de como convencer o parceiro a fazer um ménage, mas acredite: vale a pena tentar. Tudo é válido quando o objetivo final é fazer com que o casal se torne cada vez mais feliz.

Essa última dica, sem dúvidas, é uma das principais nesse processo de convencimento. Os homens são inundados de fantasias sexuais e, ao contrário das mulheres, eles não encontram dificuldades em realiza-las.

Você pode usar isso a seu favor. Comece com pequenas conversas sobre o assunto e, quando tiver a oportunidade, proponha uma aventura dessas com ele.

Não desanime se no primeiro momento ele se posicionar negativamente em relação a esse tipo de experiência.

Estimule aos poucos a sua criatividade sexual, faça-o imaginar situações onde a pessoa que está fazendo sexo com outra pessoa seja você mesma. Não economize nas demonstrações de carinho.

Experimente falar ao pé do ouvido as suas fantasias e, assim que possível, coloque uma terceira pessoa na cena.

Assistir a filmes eróticos juntos pode ser um bom começo para o desenrolar de uma conversa como essas e pode ser o primeiro passo para a realização dessa fantasia.

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sexo no banho: dicas para tornar prazeroso

Sexo-no-banho-1

Sexo no banho pode ser uma aventura a dois. Mas para apimentar a relação e sair da rotina, devemos conhecer um pouco melhor essa prática.

A princípio de tudo, o casal deve compreender que a fantasia pode não ser como retratada nos filmes. Isto é, podem acontecer acidentes, desconfortos e alguns micos.

É para desmistificar essa idealização e prevenir os eventuais imprevistos que se faz importante uma visão mais realista sobre sexo no banho.

É natural que o casal queira investir em posições variadas e fantasias sexuais inusuais para apimentar a relação. Sexo no carro, na cozinha e em cômodos e lugares não convencionais são aventuras em casal.

Para isso, as fantasias podem servir bem para estimular a libido do casal e despertar no parceiro sexual algo fora do cotidiano. Essa é a palavra-chave: o tempero, quando o assunto é sexo no banho, é a quebra do convencionalismo.

Contudo, devido a ser uma fantasia muito reproduzida em filmes, sua prática foi romantizada e, podemos mesmo dizer, simplificada. O momento serve para alinhar o casal e atiçar a intimidade, mas devemos nos ater à realidade.

Muitos casais, durante o anseio de movimentar a vida sexual, podem se iludir com o retrato da fantasia e se desapontar.

Para evitar o sentimento de falha, separamos oito dicas parar descomplicar o sexo no banho do modo correto. Oferecemos uma visão prática e que pode servir para uma primeira experiência ou para treinos prazerosos. Afinal, a prática leva à perfeição.

Dicas de sexo no banho

Bom humor

Essa é a dica principal: bom humor.

O sexo no banho é indicado principalmente para casais que já possuem uma intimidade prévia. Afinal de contas, a primeira experiência de sexo no banho pode ser divertida, mas também um pouquinho desastrada.

Para que a fantasia seja praticada de maneira confortável e à vontade, é importante que o casal esteja preparado para rir. As primeiras vezes, como sabemos, podem ser desengonçadas e, consequentemente, engraçadas. Nem tudo será coordenado e experiente como vemos na ficção.

O sexo no banho pode ser praticado entre relações casuais, igualmente, contanto que ambos estejam tranquilos e seguros disso e do restante. Para isso, devemos seguir as próximas dicas.

Segurança

Para o sexo no banho ser prazeroso, mais do que técnica, é necessário segurança. A prevenção de acidentes deve ser tomada, afinal, o chão escorregadio pode representar um risco em potencial.

Para isso, é possível investir em suportes para as paredes do banheiro, como barras e alças. Uma dica simples, acessível e barata são tapetes feitos de borracha. Eles tornam o chão menos escorregadio e previnem possíveis incidentes risíveis ou dolorosos.

 Lubrificante

Ao contrário do que muitos casais de “primeira viagem” tendem a acreditar, os produtos como xampus e sabonetes não servem como lubrificantes. Estes produtos, como condicionadores, podem provocar infecções e prejudicar a saúde vaginal.

A água tampouco poderá substituir a lubrificação. Mesmo com os corpos encharcados pela água do chuveiro, o lubrificante se faz indispensável.

Ainda que os lubrificantes possam ser produzidos com base de água, a água do chuveiro não serve para lubrificar. O ideal é que a vagina seja lubrificada de maneira natural para que não haja desconforto na penetração de dedos, pênis ou dildos.

Assim, o sexo no banho se tornará uma experiência prazerosa, sem os incômodos e atritos da fricção seca.

Espaço

A área do box pode não ser muito espaçosa. Sabemos disso. Ela é desenvolvida pensando em banhos individuais, e não projetada para sexo no banho. Por isso, as posições para penetração e sexo oral podem ser um pouco limitadas.

Por mais convidativo e aconchegante que o ambiente vaporoso e quente possa parecer, é preciso noção de espaço. Nessa hora, os testes e provações diversificadas são bem-vindos para decidir a posição mais adequada ao casal.

Uma dica adicional é optar pelo sexo no banho durante as estações quentes. Assim, nenhum dos dois baterá o queixo de frio enquanto o outro está embaixo da água quente. O verão, dessa forma, pode ser um conciliador ideal para manter o clima romântico do sexo no banho.

Temperatura

Como pontuamos, o banheiro pode ser um ambiente aconchegante e ardente para apimentar a vida sexual. Mas fique atento para que a água não seja tão ardente assim.

Quando o clima esquentar, o calor do corpo aumentará e a temperatura poderá se tornar desagradável. Quando as coisas esquentarem, procure ajustar a temperatura da água e evitar sufoco e quedas de pressão.

Camisinha

A camisinha é um elemento indispensável para o sexo no banho, bem como para aventuras em qualquer cômodo, local e circunstância.

Para prevenir a gravidez e as doenças sexualmente transmissíveis, não podemos jamais negligenciar a importância do preservativo. Contudo, embora deva ser usado durante o sexo no banho, a camisinha pode se tornar um bocado desconfortável para a penetração.

Isso porque a água do chuveiro tende a diminuir a lubrificação contida no produto. Além disso, para não tornar o ato escorregadio, é indicado vestir a camisinha antes de ligar o chuveiro.

Isto é, por mais animado que o casal esteja, é recomendado colocar a camisinha com o pênis seco.

Menstruação

As mulheres tendem a ficar com os hormônios aflorados durante o período menstrual. Esse fato pode aumentar a libido feminina. Por outro lado, muitos casais não se sentem à vontade para transar durante a menstruação.

O sexo no banho pode ser uma alternativa para aproveitar e intensificar o prazer nesses períodos. Os casais têm a oportunidade de se sentir mais confortáveis com essa saída sem precisar se privar dos momentos de intimidade.

Como adicional, o sexo no banho pode mesmo driblar o receio do sexo oral naqueles dias.

Banheira

A banheira é uma alternativa ao chuveiro. Para alguns, pode ser mais convidativo para climatizar o sexo no banho. O uso de velas aromáticas e afrodisíacos são complementares para o momento a dois.

O investimento pode esquentar o clima e torná-lo mais romântico para a quebra de rotina. Ensaboar o parceiro também pode ser uma preliminar para libido. A intimidade do toque sensual pode apimentar o momento a dois e tornar tudo mais gostoso.

Considerações finais

A lição final é de que sexo no banho exige experiência e cuidados extras. A prática é o segredo!

Fonte: Tudoela

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Posições Sexuais para Lésbicas

lesbicas

A Cosmopolitan é a maior publicação para mulher do mundo inteiro. Não é para menos, ela está presente em diversos países e aqui mesmo no Brasil ela ganha o título de Nova. E basta acompanhar as capas nas bancas de jornal para ver que dentro dela diversas dicas das mais diversas de sexualidade, como dar e oferecer prazer são oferecidas (sexo oral, anal, ménage, etc…). Apesar de tudo isso, uma lacuna até então a publicação tinha: ela não falava para as mulheres homossexuais ou que tivesse atração em pessoas do mesmo sexo.

Para quebrar mais este tabu, a Cosmopolitan acaba de criar o Kama Sutra para Lésbicas, um guia com 28 posições sexuais para lésbicas, bissexuais, pansexuais – ou todas as mulheres que gostam de transar com mulheres. No guia, você se depara com nomes engraçados e típicos do Kamasutra, como “a ponte para a cidade do prazer”, “o salão de cabeleireiro quente” (como assim?), “o triângulo das bermudas” e “tête-à-tête tântrico”. Tudo com ilustrações bem feitas e com explicações didáticas. Apesar do assunto ser novo, o espírito da matéria é o mesmo das outras: seus editores continuar o seu compromisso de incentivar o sexo e garantir que todas as mulheres – não importa qual opção sexual seja – tenha acesso a informações para melhorar seus momentos íntimos.

Apesar do MHM ser uma publicação masculina, temos que apoiar e elogiar ações como estas, que abrem a mente das publicações tentando enxergar as mudanças que o mundo oferece. Confira abaixo as imagens do guia ilustrado e indique para aquela sua amiga que curte outras garotas.

transferir-11-

 PAPAI E MAMÃE COM CONSOLO

transferir-1-

A PONTE PARA A CIDADE DO PRAZER

transferir-3- COBERTOR QUENTE

 

transferir-6- (1) COLHER SENSUAL

transferir-8- CLÁSSICO 69

transferir-17-

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Como fazer um bom striptease: 8 dicas para você arrasar!

striptease-dicas-810x540

É legal lembrar que fazer um bom striptease não é apenas um agrado para o seu parceiro. É uma forma de estreitar os laços de intimidade.

Para os homens – que se excitam muito com a visão – a ideia de assistir suas parceiras fazendo um striptease é bastante excitante, por mais que possa soar estranho e até um pouco engraçado para algumas mulheres.

Essa dança sedutora teve origem nos Estados Unidos, em 1917, de uma forma no mínimo inusitada: uma atriz, preocupada com os custos de manutenção do seu figurino, despretensiosamente, tirou a gola do seu vestido, levando os homens da plateia à loucura. Diante da reação calorosa, ela continuou a se despir, criando essa performance tão amada pelo público masculino.

Mas se por um lado essa prática é um dos melhores jeitos de excitar um homem e criar um clima erótico entre o casal, por outro, fazer um bom striptease não é tão simples assim. É preciso uma boa dose de autoconfiança e certa expertise para estimular todos os sentidos do seu parceiro a cada peça de roupa tirada.

1. Treine antes

Um bom striptease envolve dança sensual, contato visual e técnicas para tirar a roupa de forma provocante. Portanto, se você nunca fez isso antes, é aconselhável treinar para adquirir um pouco de prática.

A dica é simular a apresentação na frente do espelho. Assim, você pode ver como saem os movimentos e feições, o que lhe deixará mais segura na hora H.

Também é importante para pegar mais desenvoltura e controle corporal.

2. Prepare o ambiente

O grande intuito do striptease é provocar e para isso, é importante criar uma atmosfera de sedução e sensualidade.

O striptease pode ser feito em casa, mas alguns motéis oferecem quartos com pole dance, cadeira erótica e outros acessórios que podem ser bem úteis na hora do strip.

Você pode deixar o ambiente a meia luz, mas a iluminação deve ser suficiente para que seu parceiro possa vê-la, obviamente. Você pode deixá-lo na cama ou sentado em uma cadeira, com as mãos livres ou amarradas. Coloque uma música ambiente sensual e envolvente.

3. Escolha uma música sensual

A música é essencial para fazer um bom striptease. Ela é um elemento de suma importância e deve ser escolhida de acordo com o que melhor se conecta a você e ao seu parceiro.

Ela deve ser suave e envolvente para que nunca se sobreponha a você, mas ao mesmo tempo deve ter as batidas bem marcadas para ajudar a sincronizar com os movimentos da dança e da roupa caindo.

4. Use a estratégia para escolher o que vestir

A escolha da lingerie que você vai usar no momento do striptease deve ser pensada estrategicamente. Nunca use peças com as quais você não se sinta segura ou à vontade. Escolha uma lingerie matadora, mas que tenha a ver com a sua personalidade e ressalte os pontos fortes do seu corpo.

Além disso, é interessante usar algo além da lingerie para fazer o jogo de provocação do “mostra e esconde”. Comece a dança usando um sobretudo, robe ou camisola sensual para aumentar o mistério e deixar seu parceiro ainda mais excitado.

Outra dica é usar sapatos de salto alto, visto que eles melhoram a postura e fazem parte do imaginário masculino, assim como meias 7/8, cinta liga e meias do tipo arrastão. Uma dica interessante é começar com os cabelos presos e soltá-los durante a exibição.

5. Prepare-se para aguçar todos os sentidos dele

Como o próprio nome “striptease” sugere, este é um jogo de provocação, no qual aquele que assiste pode desfrutar de quase todos os sentidos, menos o tato, o que faz com que todos os outros fiquem mais aguçados.

A visão é sem dúvidas o principal sentido estimulado no striptease, portanto, use e abuse do olhar sedutor, sorriso malicioso e movimentos sensuais. Mas cuidado com os exageros. Nada de forçar a barra e fazer caras e bocas sem nenhuma naturalidade.

O sentido da audição fica a cargo da música escolhida por você, daí a importância de realizar uma boa escolha, com um som envolvente e sensual.

O olfato também é muito importante, use um perfume provocante e chegue bem perto do seu parceiro para que ele possa sentí-lo, mas sem encostar.

6. Tenha autoconfiança na hora H

Talvez, essa seja a maior dificuldade das mulheres, mas o fato é que para fazer um bom striptease é preciso ter muita autoconfiança.

Essa é a chave para envolver qualquer homem enquanto você tira a roupa. Mantenha-se segura, faça contato visual com ele a cada movimento. Agora não é hora de pensar se ele está gostando, se você está se saindo bem, ou o que ele está achando da sua apresentação.

Faça movimentos lentos e sensuais combinados ao ritmo da música enquanto tira cada peça, mexa bem os quadris e passe a mão pelo seu corpo. Deixe-se envolver e mantenha os olhos no seu parceiro. Será impossível ele não ficar envolvido.

7. Conheça algumas técnicas para tirar as peças de roupas

Na teoria, a ideia é simples: tirar a roupa enquanto faz movimentos lentos e sensuais. Mas na prática, existem alguns truques e macetes para tornar esse momento mais sexy.

Por exemplo, sempre que você tirar uma peça de roupa, deixe-a cair no chão e empurre a peça sensualmente para o lado com o pé.

Se estiver usando um sobretudo ou robe, encare seu parceiro e desabotoe ou desamarre-o vagarosamente. No caso de camisolas, deixe as alças caírem nos ombros e a camisola cair por baixo, nunca a retire por cima.

Se estiver usando meias 7/8, tire o sapato, apoie o pé em uma cadeira de modo que você fique de perfil para ele, mantenha uma posição bem ereta e enrole a meia lentamente até o pé, retirando-a. Os homens ficam loucos com essa cena.

Na hora de tirar o sutiã, a dica é deixa a alça cair sobre os ombros, ficar de costas para ele, abrir o fecho e deixar a peça cair no chão. Não se mostre imediatamente. Cubra os seios com as mãos, vire-se, aproxime-se dele e então se mostre.

8. Termine com um grand finale!

A calcinha é sempre a última peça a ser retirada, por isso, vale fazer um suspense.

Passe as mãos nas coxas e virilha, passe o dedo por dentro da calcinha, insinue-se. Vire de costas, ameace descer um pouco a lingerie e desista. Algumas mulheres preferem deixar que o parceiro tire a calcinha, outras preferem tirar. Se optar por tirar, faça-o bem lentamente, de costas, mas sem perder o contato visual.

A partir daí, aproxime-se do seu parceiro e deixe que ele finalmente te toque. A essa altura ele já estará explodindo de tesão e é só partir para ação!

É legal lembrar que fazer um bom striptease não é apenas um agrado para o seu parceiro. É uma forma de estreitar os laços de intimidade. E há outro lado nessa dança sensual. Fazer um striptease é uma forma de explorar a sua essência feminina, valorizar o seu corpo e se sentir mais bonita, desejada e empoderada. Ou seja, é bom para o seu parceiro e para a sua autoestima!

Fonte: Tudo ela

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

 

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como fazer sexo sozinha e ser incrível!

sexy_2

Homens e até mesmo mulheres não sabem do potencial que a masturbação tem para si mesmas. Muitas vivem achando que é errado se manifestar sexualmente, explorar seus corpos e sentir prazer sem precisar da presença de um homem. Mas a verdade é que não há nada de errado com isso. Segundo Freud, a sexualidade existe e já é aflorada desde a infância e suprimir essas vontades pode não ser o melhor caminho.

Seja ainda garota na fase de descobertas ou já uma mulher adulta, toda pessoa do sexo feminino tem todo o direito de deixar sua sexualidade aflorar. Geralmente, vemos que a masturbação masculina já é vista como natural e deixou de ser tabu há algum tempo, mas a masturbação feminina não é aceita ou ainda é vista com maus olhos inclusive por alguns homens, como se somente mulheres promíscuas se masturbassem e pudessem sentir prazer por si mesmas.

Por muito tempo prevaleceu-se a ideia de que a mulher era apenas uma procriadora e que, por isso, está aqui somente para cumprir o seu papel de gerar descendentes e dar prosseguimento às espécies. Muitas religiões ainda prezam e pregam esse pensamento conservador e machista, mas na realidade a mulher pode e deve transar por prazer e não apenas para reprodução. E ela pode também e deve saber como fazer sexo sozinha e sentir prazer por conta própria, usando de alguns métodos para isso, como a masturbação.

Em plena era da informação, com todos os avanços tecnológicos e medicinais, o pensamento que restringe a liberdade sexual e o pensamento puritano não são compatíveis com o restante e por isso a masturbação feminina deve deixar de ser vista com repúdio e ser aceita como acontecimento natural e, inclusive, benéfica para a sexualidade e para o bem estar da sociedade. Saiba a partir de agora como fazer sexo sozinha abaixo!

Provoque-se

Não é porque você está sozinha que não precisa se estimular. A mulher pode se estimular visualmente, inclusive isso contribui para aumentar seu tesão. Coloque uma lingerie sexy, arrume seu cabelo, passe uma maquiagem, sinta-se linda e sensual. Assim você se sentirá mais solta para explorar seu corpo. Crie o hábito de se admirar em frente ao espelho, com alguma roupa que realça sua beleza e que destaca seus atributos. Veja como seus seios, bumbum e pernas ficam lindos em contraste com determinada roupa. Para saber como fazer sexo sozinha e sentir prazer, é preciso aprender a se amar e se admirar antes de tudo. Isso é meio caminho andado para uma masturbação satisfatória.

Estimule seus instintos selvagens

Agir como um animal de vez em quando pode ser interessante nesse processo de exploração do corpo. Uma boa ideia é também criar o hábito de ficar nua pela casa. Isso contribui para que você se acostume com seu próprio corpo, fique mais livre, vulnerável e se sinta confortável consigo mesma.

Você pode também aprender a comer com as mãos, voltando aos hábitos dos ancestrais. A comida estimula bastante o lado erótico e sexual por proporcionar um outro tipo de prazer e ser afrodisíaco. Assim nada melhor do que se lambuzar, lamber os dedos e comer comidas prazerosas que te deixe mais liberta.

Pesquise sobre assuntos eróticos

Se você desconhece posições diferentes, não entende de sexo a três, voyeurismo, exibicionismo, sadomasoquismo, massagem yoni, ducha íntima e outros assuntos intermináveis relacionados ao sexo, você pode se permitir descobrir isso, fazendo pesquisas em nosso site, lendo artigos que podem ser bastante esclarecedores e contribuir para que seu lado mais sexy venha à tona.

Em uma pesquisa você pode começar a se descobrir, imaginando cenas e pensando o que gostaria de fazer para ser mais feliz sexualmente. Não tenha vergonha de pesquisar, de ler, de conversar com outras pessoas. Esse mundo de descobertas irá abrir sua mente e te excitar bastante com as novas possibilidades.

Assista a pornografia

Se você nunca assistiu, você precisa experimentar ver algum vídeo erótico ao menos uma vez na vida. Existem mulheres que não gostam e não precisam disso para se masturbar ou se sentir à vontade e excitadas. Já outras podem usar revistas masculinas ou até mesmo femininas, além de vídeos pornográficos como aliados na hora de aprender como fazer sexo sozinha. O estímulo visual é importante na masturbação e ao ver um ato sexual ou pessoas nuas se provocando, isso pode dar aquela lubrificada que você precisa. Você pode se masturbar assistindo ao vídeo ou depois que terminar de assistir quando já estiver muito excitada.

Em frente ao espelho

Uma boa técnica de se conhecer mais e ser estimulada visualmente com seu próprio corpo é se masturbar em frente ao espelho. Veja como você se posiciona, como seus dedos se movimentam, como você se acaricia, as caras e bocas que você faz quando está com prazer, etc. Tudo isso é muito benéfico para você aprender como fazer sexo sozinha e para seu bem estar.

Estimule outras partes do corpo

Lembre-se: você possui outras zonas erógenas além da vagina e clitóris. Você pode procurar estimulá-las. Apalpe e brinque com seus seios, lamba os bicos dos seios se sua flexibilidade permitir, passe as mãos por todo seu corpo. Se quiser você, pode inclusive colocar o seu dedo no ânus ou tentar alcançar o ponto G na parte superior da vagina.

Movimentos diferenciados

Além de ficar em um movimento de sobe e desce ritmado em sua vagina quando estiver se masturbando, tente explorar de uma outra forma com movimentos circulares, com menor ou maior intensidade, acima ou abaixo da vagina buscando atingir as camadas esponjosas que podem causar bastante prazer à mulher. Procure perceber quais estímulos te agradam mais e quais te agradam menos ou incomodam. Isso será muito bom para melhorar o sexo a dois também.

Estimule sua audição

Não é porque você está aprendendo como fazer sexo sozinha que você precisa ficar muda. Se você gostar de ouvir sacanagem, você pode dizer certas frases que te deixam muito excitada, como se estivesse com outra pessoa. Diga o que vai fazer com seu parceiro, o que quer que ele faça imaginariamente (e faça você mesma) ou se elogie em meio a gemidos. Alguma dúvida de que isso será um plus para o sexo sozinha?

Brinquedos eróticos

Criar a intimidade consigo mesma através das mãos é muito importante, mas você pode aderir aos brinquedos eróticos de vez em quando. Toda mulher deve ter um vibrador para desvendar os desejos mais sórdidos e as zonas mais erógenas do seu próprio corpo.

Escolha um que seja a sua cara, com a textura, cor, tamanho, grossura e funções que você quiser. Há uma infinidade de produtos no mercado, inclusive alguns vibradores peludos que imitam ursos de pelúcia. Escolha aquele que mais tiver a ver com você e sua personalidade. Você pode também adquirir lubrificantes para melhorar a masturbação e alguns géis comestíveis para se lambuzar.

Desligue-se do mundo

Para o sexo sozinha dar certo e ser incrível, você precisa se desligar do mundo lá fora, estar sozinha em casa ou em um local bem reservado que não seja interrompida. Então você só precisa relaxar e se entregar a si mesma. Coloque um incenso, umas almofadas coloridas, uma meia luz para criar um clima, um som ambiente que seja do seu agrado, fique linda e delicie-se.

Apenas aprendendo como fazer sexo sozinha, sentindo prazer consigo mesma e feliz sem depender de outra pessoa, é que você conseguirá se relacionar e melhorar o sexo a dois, por isso, não tenha medo. Boa sorte!

Fonte: 180graus

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Jogos eróticos para apimentar sua relação!

jogos-sensuais-687x395

Por que resolvemos falar sobre jogos sexuais?  Mas a gente sabe que a rotina muitas vezes compromete o interesse sexual dos casais, por isso é bom tentar, de vez em quando, quebrar esse dia-a-dia monótono e dar uma reaquecida na relação.

Veja por que fazer jogos eróticos:

  • Apimentam a relação
  • Reforçam a intimidade entre o casal
  • Colocam um pouco de diversão no sexo
  • Estimulam a descoberta conjunta de prazer
  • Permitem que você conheça melhor a si mesma
  • Desencadeiam sensações que você nem imagina que existam!

Regras do jogo

Não é preciso bater na porta de um clube de swing ou fazer um curso de striptease para apimentar sua vida sexual. Com um pouco de imaginação, você pode ter cenas de sexo tórrido e delicioso com seu parceiro.

Para isso, basta entrar na pele de alguns personagens. Veja algumas dicas de jogos eróticos para aproveitar em casal, além de cenários sensuais que vão aumentar ainda mais o desejo e o prazer durante a transa. Escolha o que combina melhor com vocês e sinta a temperatura subir!

1 – Prepare o cenário
Para encarar o jogo de verdade, você precisa preparar o ambiente de acordo com a brincadeira. Esse será mais um estímulo para vocês aproveitarem ao máximo. É possível até mesmo refletir sobre os diálogos ou frases que serão ditos na hora H.

2 – Ou improvise
Tem pessoas que preferem improvisar a cena, o que garante aquele toque de surpresa e ansiedade. Depois de um tempo de prática, você se sentirá mais à vontade para isso.

3 – Treine com antecedência
Previna a si mesma até mesmo sobre o que não gostaria que acontecesse. Mesmo que seja um jogo, você não deve se forçar a fazer algo que não queira.

4 – A escolha do casal
Qual jogo escolher? Um que combine com vocês dois. A escolha não é das mais fáceis, já que a imaginação sexual de cada um é muito diferente. O ideal é encontrar uma opção que seja pelo menos parecida com as fantasias de ambos.

Saindo da rotina

Se você quer manter a paixão viva com o seu parceiro, saia da rotina, deixe-se levar. Os jogos eróticos são a melhor fórmula para inflamar a paixão dentro do seu relacionamento.Se você perceber que o sexo está começando a ser um tanto monótono, rotineiro e até chato, não há razão para abandonar o navio e deixar tudo acabar. Use a imaginação que é o melhor instrumento para dar um novo fôlego no relacionamento. Faça a sua parte para que nenhum de vocês fique entediado. Jogos eróticos quebram qualquer rotina.

Confira as dicas da sexóloga francesa Catherine Solano:

5- Fique atenta aos desejos do outro
Quais são as grandes fantasias do seu parceiro? O que o faz sonhar e ficar louco de tesão? Preste atenção a esses pequenos detalhes. Talvez para você eles não tenham muita importância, mas para seu amor eles são essenciais.

6- Sem pressão!
Nunca pense que por estar em um jogo você deve se mostrar uma expert do sexo. Aqui, o objetivo é se divertir com seu parceiro.

7. Invente, repita
Você não é obrigada a experimentar todos os jogos. Se achar que um deles não tem nada a ver com vocês, fique à vontade para inventar suas próprias versões ou repita quantas vezes quiser as que deram certo desde a primeira vez.

8- Aposte nos acessórios
Use e abuse de roupas sensuais, acessórios eróticos, objetos de decoração, lugares inusitados… Mas também, se esse não for seu estilo, não há problema nenhum em ser sóbria e natural. O que conta é estimular a imaginação. Os acessórios ajudam bastante, mas não são indispensáveis.

Sinta-se à vontade para viver suas fantasias da maneira que preferir. Chegou sua vez de jogar!

Aproveite bem as nossas dicas! Não esqueçam de entrar em nossa loja virtual http://www.sabordoamor.com.br/

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário